segunda-feira, 7 de junho de 2010

Classes Terapeuticas


Analgésicos
Conceito - medicamentos empregados para aliviar dor, sem causar a perda da consciência.
Os analgésicos são divididos em 2 grupos:
FORTES: utilizados para o tratamento de dores intensas. Ex: Tramal, Timasen, Sylador
FRACOS: utilizados para o tratamento de dores suaves e moderadas. Ex: Anador e Doril

Comentários: Ácido acetilsalicílico acima de 1g. Possui efeito antiinflamatório; dipirona possui efeito anti-espasmódico, cafeína potencializa o efeito analgésico e diminui a sonolência.

Antitérmicos
Conceito – são medicamentos utilizados para aliviar os estados febris, que podem ser causados por inflamações, desidratações e moléstias infecciosas. Ex. Paracetamol, Dipirona e AAS.

Antigripais
Conceito – são medicamentos utilizados para aliviar os sintomas das gripes e resfriados. Geralmente associados, reúnem em sua fórmula analgésicos, antitérmicos, vitamina C e descongestionantes nasais. EX. Coristina D, Apracur e Cheracap.

Antiácidos
Conceito – são medicamentos utilizados para combater o excesso de ácido clorídrico no estômago. No processo digestivo, o estômago produz o ácido clorídrico, além de outras substâncias. Devido a alguns distúrbios, há indivíduos que passam a produzir esse ácido em excesso, provocando dor, queimação (Azia) etc.

Comentários: Os antiácidos aqui citados possuem ação local e praticamente não são absorvidos no intestino, sendo eliminados nas fezes. Os antiácidos de ação local neutralizam rapidamente o excesso de ácido clorídrico do suco gástrico, diminuindo a acidez. EX. AL (OH) + 3HCL - ALCL3 – 3H2O

Reeducadores Intestinais
Conceito – são medicamentos utilizados para regular a função normal do intestino. São compostos ricos em fibras, normalmente derivados de frutas como mamão, ameixa e tamarindo. Ex. Trifibra Mix, Fiber Bran, Naturetti.

Laxativos e Purgativos
Conceito – são medicamentos que facilitam a eliminação das fezes através de mecanismos variados. São os medicamentos somente variando a dosagem, ou seja, os purgativos são laxantes em maior quantidade.

Mecanismo de ação: aumentam o peristaltismo intestinal – Dulcolax, Gutalax e Laxol.
Lubrificam e estimulam a contração do reto – Sup. De Glicelina
Aumentam o volume do bolo fecal – Fleet enema

Antiflatulentos
Conceito – são medicamentos utilizados para eliminação de gases formados pelo trato gastrointestinal. Os gases são formados normalmente no processo de digestão dos alimentos. Em alguns casos, há formação exagerada de gases devido a problemas associados à alimentação errada, mal funcionamento do estômago e intestinos e, ainda, mastigação incorreta dos alimentos. Ex. Dimeticona

Antiespasmódicos
Conceito – são medicamentos utilizados para diminuir a freqüência e a força de contração da musculatura lisa, aliviando assim a dor. Ex. Buscopan e Atroveran

Comentários: Espasmos são contrações involuntárias da musculatura lisa (estômago, intestino, útero e bexiga)

Rehidratantes Orais
Conceito – são substâncias utilizadas para repor rapidamente água e sais minerais essenciais ao organismo, que passam por processo de desidratação. Ex. Pedialyte, Rehidrat e soro caseiro.

Hepatoprotetores
Conceito - são medicamentos utilizados para a proteção das células do fígado e contribuem para o equilíbrio funcional do mesmo.

Modo de ação: de maneira simplificada, os hepatoprotetores são substâncias ricas em aminoácidos que são usados pelo fígado na produção de enzimas que irão degradar o álcool e as gorduras ingeridas. São exemplos de hepatoprotetores:

Epocler: Associação de vit. B6 (piridoxina) e aminoácidos
Metiocolin, Xantinon: Vit. B2 e aminoácidos
Eparema:, Cáscara sagrada, Boldo: São colagogos (promovem a excreção da bile armazenada na vesícula biliar) e coleréticos (estimulam a produção da bile pelo fígado)

Antimicóticos e Fungicidas
Conceito – são medicamentos usados no combate a infecções causadas por fungos. Esses medicamentos são amplamente utilizados na clínica humana e veterinária.

Anti-Séptico
Conceito – são substâncias utilizadas para destruir ou inibir o crescimento de microorganismos. São aplicadas principalmente na pele ou nas mucosas. Podem ser para:
Higiene Bucal: Cepacol, Flogoral, Listerine e etc.
Higiene Ocular: Água boricada, Colírios como Leri, Lavoolho
Higiene da Pele: Dermacyd, Proderm, Água Oxigenada.

Anti-Seborréicos
Conceito – são medicamentos destinados a diminuir o acúmulo de gorduras (oleosidade) da pele e do couro cabeludo. São exemplos:
Acne-aid wash, Salisoap sabonete e Dermotivin sabonete (para remover a oleosidade da pele), Denorex, Selsun azul, Polytar etc (para o couro cabeludo).

Comentários: AAS: Limpa e descama
Selênio: Antifúngico
Enxofre: Diminui a Oleosidade

Pediculicidas
Conceito – são substâncias utilizadas no tratamento da infestação parasitária da pele causada pelo o piolho, que pode ocorrer na cabeça, no corpo e na região genital. São exemplos de pediculicidas:

Específico para a cabeça: Kwell, Toppyc
Específico para o corpo e região genital: Arcasan sabonete e Miticoçan sabonete.

Descongestionantes
Conceito – o descongestionante alivia a congestão nasal, diminui a coriza e ressaca a mucosa nasal.

Comentários: O uso prolongado pode provocar inchaço, que é o efeito contrário do desejado, além do ressecamento da mucosa nasal. Não usar por mais de 5 dias consecutivos.

Testes e Diagnósticos
Conceito – são substâncias usadas para examinar o organismo quanto ao desempenho de suas funções. Normalmente, são usados para detectar alterações no organismo. Ex. Predictor e Glicofita.

Vitaminas
Conceito- são substâncias essenciais para o bom funcionamento do organismo. Em geral, são obtidas através de uma dieta alimentar adequada e são necessárias em pequenas quantidades. Alguns produtos apresentam apenas uma ou várias vitaminas associadas. A falta de vitaminas no organismo pode resultar de dietas inadequadas devido à pobreza, ignorância, tabus alimentares, dentição insatisfatória, má absorção alimentar, necessidade aumentada como em mulheres grávidas, lactação, crescimento e certas doenças como o raquitismo.

Comentários: O uso abusivo, além de ser caro, pode levar a manifestações tóxicas e a reações adversas que são específicas para cada vitamina.

VIT. A – Pele, Cabelo, Visão
VIT. B – Musculatura e Nervos, além de participar na formação das hemácias
VIT. C – Radicais Livres e Imunidade
VIT. D – Absorção de Cálcio
VIT. E – Radicais Livres e Fertilidade
VIT. KI – Coagulação

Anti-Anêmicos
Conceitos – São medicamentos usados no combate à anemia. No caso específico da anemia ferropriva, estes medicamentos suprem a carência de ferro no organismo (sulfato ferroso).
Algumas causas da deficiência de ferro: Absorção deficiente, aumento da necessidade (gravidez, lactação e crescimento) e perdas (hemorragias e verminoses ).

Comentários: No sangue existem células chamadas hemácias, entre outras. No interior das hemácias existe uma substância chamada hemoglobina, no qual o ferro é indispensável à sua formação. A principal função da hemoglobina é o transporte de oxigênio para as células do nosso corpo. O ferro é obtido através da dieta alimentar balanceada, pois não é produzido pelo nosso organismo. Portanto, a sua deficiência causa a anemia do tipo ferropriva. Existem ainda outros tipos de anemia, causadas pela deficiência de vit. B12 ou ácido fólico (anemia megaloblástica) e por fatores hereditários (anemia falciforme).

Antibióticos
Conceito – são compostos químicos produzidos por seres vivos e modificados quimicamente em laboratórios, sendo capazes de inibir ou destruir as bactérias.

Comentários: Infecção é a agressão causada por um microorganismo, geralmente bactérias e fungos, ao nosso organismo. O uso de antibióticos prejudica a flora intestinal, podendo causar diarréia. Infecções causadas por BACTÉRIAS GRM POSITIVAS são mais comuns no sistema respiratório e as causadas por GRAM NEGATIVAS, no sistema urinário.

Antiinflamatórios
Conceito – são medicamentos utilizados para amenizar sintomas como febre, dores e edemas decorrentes de uma agressão ao organismo. Existem, basicamente, duas classes de antiinflamatórios:

ESTEROIDAIS – Cortisonas (dexametasona, Hidrocortisona etc)
NÃO-ESTEROIDAIS – Cataflan, Piroxican etc.

Corticosteróides
Conceito – o cortisol ou hidrocortisona é o principal corticóide (hormônio) produzido pelo organismo. Ele serve para a síntese de outros corticóides mais potentes. A ação antiinflamatória do corticóide se deve ao fato deste impedir a produção de substâncias mediadoras da inflamação. Os corticóides prejudicam o processo de cicatrização do organismo, visto que este está intimamente ligado ao processo inflamatório.

Antialérgicos
Conceito – são medicamentos usados principalmente para o controle de certas afecções de fundo alérgico.

Comentários: Os antialérgicos podem pertencer a uma das seguintes classes de medicamentos: anti-histamínicos, glicocorticóides e outros fármacos como a epinefrina e a pseudoepinefrina.
O cloridato de fexofenadina é o único anti-histamínico não sedativo, pois o mesmo não atravessa a barreira hemato-encefálica.

Antidiarréicos
Conceito – a diarréia é a eliminação das fezes numa consistência mais líquida. Os antidiarréticos são medicamentos usados no tratamento da diarréia resultante de infecções, ingestão de alimentos estragados, alergias etc.

Comentários: Kaomagma – recupera a consistência do bolo fecal
Floratil – recupera a flora intestinal
Imosec – diminui a motilidade intestinal, usado em diarréias de origem emocional ou não infecciosa.

Emolientes
Conceito – usados para suavizar/lubrificar a pele e a mucosa exercendo ação protetora. Exemplo: óleo de amêndoas, manteiga de cacau.

Comentários: Há também os emolientes utilizados para remover o excesso de cera do ouvido, como o Cerumim e Oticerin.

Otológicos
Conceito – São medicamentos utilizados em dores de ouvido que podem estar geralmente associados a infecções. Ex. Lidosporin, Otosynalar etc.

Antieméticos
Conceito – são drogas que impedem ou aliviam sintomas de ânsia de vômito. O vômito é um mecanismo normal de defesa do organismo.

Comentários: em caso de vômito e diarréia concomitantemente dá-se preferência à metoclopramida, por ter efeito estimulante sobre o trato gastrointestinal, isto é, dificulta o vômito mas facilita o funcionamento intestinal, não prejudicando assim o esvaziamento gástrico.

Disfunção Prostática
Conceito – são medicamentos utilizados quando há um aumento benigno da próstata, ou seja, (HIPERTROFIA BENIGNA DA PRÓSTATA). Ex. Proscar, Finasterida.

Comentários: A Finasterida age inibindo o hormônio diidrosterona responsável pelo crescimento da próstata.

Miorrelaxantes
Conceito – são medicamentos utilizados para o relaxamento da musculatura esquelética. A contração da musculatura deve-se à tensão, ansiedade ou lesões ortopédicas. Existem dois tipos de miorrelaxantes:

MIORRELAXANTES CENTRAIS – agem no SNC controlando o tônus muscular. Ex. Dorflex.

MIORRELAXANTES PERIFÉRICOS – normalmente associados com anestésicos.

Vermífugos
Conceito – para combate aos vermes, pela expulsão ou destruição. Ex. Ascaridil.

Tricomonicidas
Conceito – medicamento utilizado para combater a infecção causada pelo TRICOMONAS.

Comentários: A tricomiase é uma doença causada por infecção parasitária do trato intestinal ou genito-urinário. A transmissão pode ser direta, através do ato sexual, ou indireta, através de artigos de toalete.

Antiulceroso
Conceito – são medicamentos utilizados no tratamento de úlceras pépticas, gástricas e duodenais, bem como no tratamento de esofagite de refluxo e hemorragia gastrointestinal. Atuam reduzindo a secreção do suco gástrico basal e também após a refeição.

Colírios e Pomadas Oftálmicas
Não se trata de uma classe terapêutica, mas simplesmente de um conjunto importante de medicamentos utilizados para o tratamento de inúmeras patologias que acometem a região ocular.

Conceito – são medicamentos que têm a função de combater alergias, inflamações, infecções ou qualquer outra patologia que ocorra na região dos olhos. São formas estéreis que, após abertas, devem ser usadas por um curto espaço de tempo e descartada a seguir, evitando assim contaminações.

O conservante utilizado no Lacrima (cloreto de bensalcônio) não permite o seu uso por pessoas que usam lentes de contato do tipo gelatinosa. No entanto, tais pessoas podem fazer uso do Lacrima Plus.

Broncodilatadores
Conceito – medicamentos que promovem uma maior expansão pulmonar, ou seja, broncodilatação, aliviando assim crises de asma e bronquite.

Alguns Broncodilatores:
- Agonistas B-adrenérgicos – Reveni, Berotec e Aerolin
O efeito colateral mais comum é a taquicardia, principalmente em crianças, sendo preferível seu uso através de inalação.

- Metilxantinas – aminofilina e teofilina
Possuem ação mais lenta quando tomadas por via oral. Em asma moderada são usados em associação com outros broncodilatadores.

Antitussígeno / Expectorantes
Conceito – os antitussígenos são medicamentos que ajudam a reduzir a freqüência da tosse e os expectorantes servem para eliminar o catarro. A tosse é um reflexo natural de proteção e sua função é expelir substâncias irritantes ou excesso de secreção do trato respiratório.
A sua origem pode ser alérgica, irritativa, infecciosa e de origem psicológica (geralmente em crianças).

Digestivos
Conceitos: agem estimulando a motilidade propulsora gastrointestinal, estimulando a produção e liberação da bile e enzimas pancreáticas ou mesmo fornecendo estas enzimas diretamente.

Comentários: a má digestão pode ocorrer devido a deficiência de varias substâncias participantes do processo digestivo como ácido clorídrico e enzimas necessárias para a degradação dos alimentos, ou por problemas na motilidade do aparelho digestivo.

Anestésicos
Conceito: são substâncias capazes de provocar insensibilidade geral ou local, para que o paciente não sinta dor. A grande maioria é de uso específico durante procedimentos médicos ou odontológicos.

Antidiabéticos
Conceito: são medicamentos utilizados para controlar os níveis de glicose no sangue.

Ex. Glibenclamida – estimula a liberação endógena de insulina
Glucobay – retarda a absorção da glicose pelo o organismo.

Comentário: Tais medicamentos podem provocar várias reações adversas como coceira, diarréia, alergias, distúrbios visuais e etc.
Alguns tipos de diabetes:
- Diabete Tipo 1 – insulino-dependente – normalmente congênita ou logo nos primeiros anos de vida.
- Diabete Tipo 2 – não insulino-dependente – ocorre na idade adulta. Pode ter como origem a hereditariedade, fatores emocionais, problemas de obesidade e crescimento.

Anticolesteral
Conceito: são medicamentos utilizados para reduzir os níveis de gordura no sangue, ou seja, colesterol e triglicérides. A origem da doença pode ser hereditária e por alimentação rica em gorduras.

Anti-Hipertensivos
Conceito: medicamentos utilizados para controlar a pressão arterial.
Ex. Divelol e Carduran – inibidores adrenérgicos
Vascase e Capoten – inibidores da ECA

Comentários: deve-se tentar o controle da pressão arterial primeiramente por modificação do estilo de vida, redução de peso, restrição ao consumo de sal, abstenção do fumo, aumento de atividades físicas. Se tudo isso não adiantar, recorre-se ao uso de diuréticos isoladamente ou em associação com outros anti-hipertensivos.

Diuréticos
Conceito – são substâncias que estimulam a excreção de alguns íons e diminuem a reabsorção de água nos túbulos renais, aumentando assim a eliminação de água do organismo.

Comentários: São medicamentos utilizados no alívio de edemas e como coadjuvante no controle da hipertensão bem como insuficiência cardíaca congestiva crônica, insuficiência renal crônica e hipercalcemia.

Alguns diuréticos:
- Depletores de potássio – clortalidona e hidroclorotiazida – podem causar hipopotassemia e, por isso, muitas vezes são tomados juntamente com sais de potássio.
- Poupadores de potássio – espirolactona – diminuem a excreção de potássio e a reabsorção de sódio.
- Diuréticos de alça – furosemida - também chamados de diuréticos de alta potência.

Cardiotônicos
Conceito – são medicamentos que aumentam a força de concentração do coração e controlam a velocidade dos batimentos cardíacos. Exemplo: Digoxina e Ancoron.

Comentários: Insuficiência Cardíaca – o coração bate devagar
Arritmia – o coração bate descompassado

Vasculares
Anti-hemorrágicos: evitam as hemorragias – o perigo de hemorragias aparece quando o organismo não produz os anti-hemorrágicos naturais (principalmente a Vit. K1) de maneira suficiente. Ex. Kanakion e Ergotrate.

Circulatórios: servem para controlar a circulação do sangue, tentando evitar a formação de hemorróidas e varizes. Ex. Venocur triplex e Venalot.

Vasodilatadores: aumentam o diâmetro dos vasos. São usados principalmente para anginas e dor forte no peito, e tratam a insuficiência cardíaca congestiva. Ex. Adalat e Sustrate.

Antineoplásicos
Conceito – são quimioterápicos usados no tratamento do câncer. O objetivo do seu emprego é a destruição seletiva das células tumorais. Ex. Alkeran e Zoladex

Comentários: Neoplasia é uma massa de células anormais que se desenvolvem de maneira desordenada. Hoje em dia é muito comum a utilização de associações de quimioterápicos, evitando assim o desenvolvimento de células resistentes num curto espaço de tempo e procurando também resultados mais eficientes.

Anticoagulantes
Conceito – são agentes que prolongam o tempo de coagulação do sangue. São usados em diversos distúrbios cardiovasculares, tais como infarto do miocárdio, embolia pulmonar, doença vascular cerebral periférica e trombose. Ex. Marevan, Heparina Sódica e Clexane.

Comentários: O coágulo é uma rede de finíssimas fibras que são formadas pelo próprio organismo. A formação do coagulo envolve uma série de reações e de substâncias.

Anti-Herpéticos
Conceito - medicamentos de ação paliativa usados para diminuir os sinais e sintomas do herpes. O herpes é uma doença sem cura causada pelo o vírus herpex, muito comum no ser humano, mas que só se manifesta com baixa resistência imunológica. Caracteriza-se por lesões da pele e mucosas.

Comentários: Nunca utilizar pomadas à base de cortisona em herpes, pois pode ocorre piora do quadro clínico.

Orexígenos
Conceito – são medicamentos utilizados para estimular o apetite. EX. Carnabol, Profol etc.

Hormônios
Conceito – são substâncias secretadas por glândulas e liberadas na corrente sangüínea para que possam atingir os tecidos onde irão exercer seus efeitos.

Alguns hormônios:
- Hormônio do Crescimento – chamado somatropina, é produzido pela hipófise e sua deficiência durante a fase de crescimento pode gerar nanismo.
- Hormônios Tiroidianos – T3 e T4, o exame do pezinho feito em lactentes tem como um dos objetivos a detecção precoce do hipotiroidismo, que deve ser tratado, evitando assim o cretinismo. Já o hipertiroidismo é tratado com fármacos antitiroidianos, que impedem a síntese do hormônio tiroidiano. Ex. Propiltiouracil.

Comentários: Quando o organismo não produz ou produz insuficientemente os hormônios é necessária a reposição hormonal, que é feita por substâncias sintéticas, ou seja, produzidas em laboratórios.

Anticoncepcionais
Conceito – são hormônios utilizados para evitar a fecundação (gravidez), no tratamento de algumas patologias ovarianas (cistos) bem como regular o ciclo menstrual. Ex. Gracial e Minulet.

Ovulatórios
Conceito – é um hormônio que atua no SNC no sentido de induzir a ovulação. Este medicamento pode induzir a liberação de 1 ou mais óvulos, aumentando as chances da mulher engravidar. Ex: Clomid e Serofene.

Antidepressivos
Conceito – são medicamentos que melhoram o humor.
Ex: Anafranil, cloridrato de clomipramida e Pondera.

Comentários: A depressão pode ser causada por distúrbios hormonais ou emocionais.

Ansiolíticos
Conceito – são medicamentos usados para diminuir a ansiedade.
EX: Alprazolan e Bromazepan.

Comentários: A ansiedade não tem origem definida, variando de pessoa para pessoa. Pode apresentar-se como um distúrbio do pânico (medo), de ansiedade ou pós-traumático.

Antiparkinsoniano
Conceito – são medicamentos utilizados para tratar os sintomas do mal de Parkinson.

Comentários: A doença de Parkinson deve-se à deficiência de uma substância existente no cérebro chamada DOPAMINA, que é responsável pela coordenação dos movimentos juntamente com a ACETILCOLINA (é preciso que ocorra o equilíbrio entre elas). A LEVODOPA, no sistema central, é convertida em DOPAMINA. O CLOR. DE BIPERIDENO promove a diminuição de ACETILCOLINA, restabelecendo assim o equilíbrio entre a mesma e a DOPAMINA.

Hipnóticos e Sedativos
Conceito – são usados para o tratamento de diversos tipos de insônia, tensão emocional, pois reduz a inquietação e induz o sono e a sedação. Agem deprimindo o SNC de maneira não seletiva ou geral. Em doses elevadas, são usados como hipnóticos e em doses menores como sedativos. Ex. Dormonid e Sonebon.

Neurolépticos
Conceito – são usados para o tratamento de pacientes com desorganização mental de pensamento e comportamento, como por exemplo: obsessão, mania de perseguição e no alívio de tensão emocional grave. Não curam, mas diminuem os sintomas da doença. Portanto, não são curativos, sua ação é primariamente e paliativa. Ex. Carbonato de lítio, baloperidona e risperidona.

Comentários: Neurose – distúrbio da pessoa com ela mesma.
Ex. mania de limpeza
Psicose – distúrbio da pessoa com a realidade.
Ex. ouvir vozes

Analgésicos Narcóticos
Conceito – são medicamentos utilizados para deprimir o SNC, ou seja, diminuem o ritmo cerebral que está acelerado. Ex: Fenobarbital e Fenitoína.

Comentários: A epilepsia caracteriza-se por crises de convulsão que são decorrentes de uma disritmia cerebral, levando a um equilíbrio das cargas elétricas, podendo ocorrer em intensidade e freqüências variadas.

Anorexígenos
Conceito – são medicamentos usados para reduzir o apetite e também agir corrigindo o fator emocional que leva à ingestão excessiva de alimentos.
Ex. Femproporex e Anfepramona.

Comentários: A obesidade é o excesso de gordura que fica armazenada no organismo proveniente de uma alimentação excessiva ou de distúrbios hormonais.

6 comentários:

  1. Priscila, adorei seu blog!!! É bem informativo. Eu queria t fazer uma pergunta... O q vc acha da auto hemoterapia? Um moooonte de pessoas falaram q eu nao deveria fazer, mas eu ja sinto os resultados benéficos (meu rosto está livre de espinhas) a perda de peso, as colicas menstruais diminuiram... Mas a unica dificuldade é tirar sangue sozinha..hauhuaa... chega uma hora em q parece q a veia nao tem mais sangue..rs. Agradeço seu esclarecimento. bjocas Jú

    ResponderExcluir
  2. ola adorei seu blog.encontrei tudo que precisava para minha pesquiza.obg.

    ResponderExcluir
  3. gostei muito deste glog so precisa de um pouco mais de informação para os que acessam espero poder ajudar!!!

    ResponderExcluir
  4. ola Pricila preciso fazer um trabalho sobre classe farmacologica o que você me recomendaria. por favor e meio urgente
    .

    ResponderExcluir
  5. ola Pricila preciso fazer um trabalho sobre classe farmacologica o que você me recomendaria. por favor e meio urgente
    .

    ResponderExcluir
  6. amei o seu blog me ajudou muito numa prova que eu fiz de atendente de farmácia , obrigada

    ResponderExcluir